segunda-feira, 1 de setembro de 2014

TOM BROWNING

TOM BROWNING - Uma tropa - Óleo sobre tela

TOM BROWNING - Primeiros sulcos da primavera
Óleo sobre tela - 76,2 x 101,6

Quando adquiri o livro Timeless techniques for Better Oil Paintings, de Tom Browning, em 1999, tornei-me logo um admirador incondicional de seu trabalho. Cativou, logo de início, não apenas o traço preciso e expressivo, mas principalmente o uso de uma paleta limpa, com cores que sempre foram de encontro com o que sempre busquei em minha própria pintura. Engana-se quem acha que a objetividade das pinceladas de Tom Browning possa sugerir uma pintura simples. Ela não é! A excelência de seu trabalho foi construída na dedicação e experimentação de muitos anos. O que seu livro pôde me sugerir também é que além de ótimo artista, socializa suas descobertas e experiências com muitas dicas e exemplos que são úteis a iniciantes e veteranos. Anos mais tarde, acabei confirmando essa minha suposição, pois seu livro foi aclamado como um dos melhores trabalhos didáticos sobre arte para a sua década.

TOM BROWNING - Ridin the chuckline - Óleo sobre tela 60,96 x 93,98

TOM BROWNING - Uma brisa suave
Óleo sobre tela - 45,72 x 40,64

Nascido na cidade de Ontario, no estado norte-americano de Oregon, em 1949, teve sua carreira profissional iniciada no ano de 1972. Tinha como temática principal a representação da vida selvagem, que realizava quase sempre com apontamentos em preto e branco. Ao mesmo tempo que parecia uma técnica limitada, essa acabou permitindo uma grande produção em pouco período e solidificando no artista aquilo que ele considera o mais importante em qualquer trabalho artístico: o uso correto dos valores tonais. São os valores tonais, aliás, o tema principal das diversas oficinas e workshops que realiza por todo o território dos Estados Unidos, durante todo o ano.

TOM BROWNING - Fora da trilha - Óleo sobre tela - 50,8 x 76,2

TOM BROWNING - Começando viagem
Óleo sobre tela - 40,64 x 60,96

A figura do cowboy e as cenas do oeste tornaram-se, por assim dizer, o cartão de visitas de Tom Browning. Baseado nos apontamentos de desenhos e experiência da vivência com o próprio cowboy do noroeste americano, Tom Browning registra em sua obra aquilo que é praticamente sua rotina e lhe é comum em toda sua trajetória. O cowboy e o cavalo, em sua pintura, são uma espécie de símbolo. Os contrastes criados entre esses dois elementos e o meio em que vivem resultam em composições de forte impacto emocional e com refinada carga poética.

 
Esquerda: TOM BROWNING - Christmas Eve - Óleo sobre tela - 40,64 x 30,48
Direita: TOM BROWNING - Papai Noel - Óleo sobre tela - 45,72 x 35,56

Mantendo a famosa tradição de bons ilustradores americanos, como Norman Rockwell, Andrew Loomis e Drew Struzan, Tom Browning lançou na década de 90 uma série de ilustrações do Papai Noel, que lhe rendeu reputação mundial e o colocou como um dos maiores vendedores de produtos com essa temática em todo o mundo, vindo a representar comercialmente várias empresas que exploram essa sua criação. Durante mais de 15 anos, a venda de figurinhas autocolantes com o “bom velhinho” se tornou uma febre entre crianças e mesmo adultos. Todos os anos, por ocasião de fim de ano, novas e despojadas situações de Papai Noel são aguardadas com ansiedade.

TOM BROWNING - Na terra prometida - Óleo sobre tela - 121,92 x 91,44

Desde que se tornou um membro efetivo da Northwest Rendezvous Group, em 1986, foi indicado 4 vezes para a premiação maior e finalmente em 1994, adquiriu o prêmio de excelência pela NWR Group. Também é membro da Portrait Painters Society of America, onde chegou como finalista de um concurso em 2000. Participa também da National Academy of Western Art e da Plein Air Painters of America.

TOM BROWNING - A Adoração dO Menino - Óleo sobre tela - Tríptico - 4,9 x 3,05 m

Outro trabalho de grande relevância na carreira do artista trata-se de A Adoração Do Menino, realizado para a Igreja de St Mary, em Boise, no estado de Idaho. É um tríptico, cuja peça principal tem 3,05 m de altura x 2,48 m de largura. O conjunto completo ocupa uma área de 4,90 m de comprimento x 3,05 m de altura. Foi uma encomenda feita em 2008 pelo Reverendo W. Thomas Faucher. A pintura representa Maria ao centro, segurando O Menino Jesus, com mais 9 mulheres do Antigo Testamento à esquerda e 9 do Novo Testamento à direita. É possível identificar todas elas e inclusive quais as modelos que posaram como representantes de cada uma (http://www.stmarysboise.org/photos-church.htm). Assim como um famoso tríptico parecido com esse, que fica na cidade alemã de Colônia, esse também fica fechado no período de Quaresma. O próprio artista afirmou que se trata da encomenda mais importante e emocionante de sua carreira.

Visão externa da Saint Mary's Church

TOM BROWNING - Realizando o painel central de A Adoração dO Menino

A Adoração dO Menino - Altar

PARA SABER MAIS: